Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Contra estagnação, Guedes quer liberar FGTS

Equipe BR Político

Assim como o ex-presidente Michel Temer liberou recursos de contas inativas do FGTS numa tentativa de dar fôlego à economia em 2016, o ministro Paulo Guedes estuda fazer quase o mesmo para espantar a estagnação econômica que já é dada como realidade por vários economistas. Agora, a ideia é liberar saques de contas ativas do FGTS, e inativas, e também do PIS/PASEP. “Vamos liberar os saques do PIS/Pasep e FGTS muito em breve, assim que saírem as reformas. Nas próximas três semanas, vamos anunciar muitas coisas”, afirmou o titular de Economia, informa o Estadão.

Mas parece que o ministro não está tão preocupado, segundo disse mais cedo: “A retração não é novidade para nós, sempre dissemos que a economia brasileira está estagnada”. O mercado, no entanto, já se contorce com o entendimento de que a reforma da Previdência não será a solução da lavoura.

Tudo o que sabemos sobre:

estagnaçãoFGTS