Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Contra gravidez na adolescência, sexo só depois do casamento

Equipe BR Político

A Folha registra neste sábado, 4, que a secretária nacional de família, Angela Gandra Martins, subordinada ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, prepara uma política pública contra gravidez na adolescência com foco na abstinência sexual aos moldes de um movimento cristão que defende a prática carnal somente após o casamento. Na entrevista, a secretária é evasiva ao falar do uso de preservativos. Segundo ela, o governo procura um “outro caminho” para combater a gravidez em jovens a partir de 10 anos.

“Se prestamos informação, as pessoas sabem melhor tomar decisões. O que queremos é conscientizar. O que está acontecendo hoje, pais? Os seus filhos estão iniciando relações com 12 anos, e pode engravidar, ir a baile funk, ou ter relações com vários ao mesmo tempo. Vamos falar e ter informações sobre isso para que vocês saibam. Adolescentes: o que é uma relação sexual? Que marca isso vai deixar?”, afirma.

Tudo o que sabemos sobre:

gravidezadolescênciaDamares Alves