Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Coronavírus atinge marca recorde nas redes sociais do Brasil

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, disse nesta quarta-feira, 1, que abril marca o quarto mês desde os primeiros registros de contaminados pelo novo coronavírus. No Brasil, o primeiro caso só foi registrado em 26 de fevereiro, em São Paulo. Desde então, o assunto se tornou o mais comentado nas redes sociais em português. Segundo o Torabit, plataforma de monitoramento digital, até hoje, foram 15,5 milhões de menções analisadas sobre o tema.

O aumento nas buscas sobre o assunto ocorreu após a divulgação de que o secretário da Comunicação do governo, Fabio Wajngarten, estava infectado. No mesmo dia, a especulação de que o presidente Jair Bolsonaro também estivesse com a covid-19, já que esteve junto a Wajngarten em viagem aos EUA, foi o estopim para
que o tema se mantivesse entre os assuntos mais comentados na internet até hoje.

Política, Saúde e Economia são os temas relacionados ao novo coronavírus mais falados nas redes sociais brasileiras.

Perfil

Homens foram responsáveis por 54,5% das menções e mulheres por 45,5%. Os Estados que mais fazem menção ao coronavírus são: São Paulo (35%) – que concentra a maioria dos casos de covid-19 no País -, Rio de Janeiro (33%) e Minas Gerais (12,5%).

Tudo o que sabemos sobre:

torabitnovo coronavírusredes sociais