Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Covardia sem precedentes’, diz Randolfe sobre veto a proteção de indígenas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O líder da minoria no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), se juntou às críticas ao veto do presidente Jair Bolsonaro a dispositivos da lei que determina ao governo que tome medidas de proteção a povos indígenas, quilombolas e demais comunidades tradicionais durante a pandemia do novo coronavírus. Após a sanção da lei com o veto na manhã desta quarta-feira, 8, parlamentares da oposição iniciaram uma campanha para que o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), convoque uma sessão conjunta de deputados e senadores para derrubar os vetos de Bolsonaro ao projeto.

O senador Randolfe Rodrigues

O senador Randolfe Rodrigues Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Randolfe chamou a atitude do presidente de “covardia sem precedentes” pelo Twitter. “Em uma das piores crises da história do país não há compromisso algum com a vida dos mais vulneráveis. Mais um veto compatível c/ a maldade desse governo! Vamos lutar pela derrubada!”, escreveu o senador. Entre o trechos vetados, está o que obriga o governo a fornecer aos povos indígenas acesso a água potável e“distribuição gratuita de materiais de higiene, limpeza e de desinfecção para as aldeias.