Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Covas: ‘Bolsonaro poderia explicar por que virou as costas para São Paulo’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou nesta quinta-feira, 15, que o presidente Jair Bolsonaro “virou as costas” para a cidade de São Paulo e diminuiu as transferências do governo federal “em 97%” em comparação à gestão Temer. “O presidente podia aproveitar, já que está dedicado e focado na campanha do Celso Russomanno, porque ele diminuiu as transferências voluntárias a São Paulo em 97% se comparado o último ano da gestão Temer com 2020”, disse em sabatina do Estadão depois de ser questionado sobre o apoio do presidente à campanha de seu oponente que lidera as intenções de voto na capital paulista.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, em sabatina do Estadão

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, em sabatina do Estadão Foto: Reprodução/TV Estadão

Sobre competir com o presidente da República, Covas afirmou que “não escolhe adversário”, mas que a sua campanha não será mudará a diretriz municipal por conta do apoio de Bolsonaro. Mas aproveitou para fazer a cobrança sobre os investimentos. “Ele poderia explicar virou as costas para a cidade de São Paulo nesses dois anos e até o candidato dele pode explicar porque nesses dois anos não ajudou São Paulo a buscar esses recursos que foram reduzidos pela gestão federal”, disse.