Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Covas diz que PSDB ‘não fez lição de casa’

Equipe BR Político

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), voltou a criticar o posicionamento de seu partido com relação ao pedido de expulsão deputado federal Aécio Neves (MG). Após ter ameaçado sair do partido caso Aécio não fosse expulso, o prefeito afirmou, em entrevista ao Globo, que o PSDB não fez a “lição de casa” com relação a casos internos de corrupção. “Sempre disse que acho que um dos motivos pelos quais o PSDB perdeu a eleição no ano passado foi o desgaste envolvendo as acusações contra o Aécio”. O tucano acredita que, apesar da polarização entre esquerda e direita, o PSDB deve permanecer no centro. “Partido não pode ter medo de resultado eleitoral. Vamos insistir”.

Covas também criticou a postura do governo federal, que, em sua visão, estaria dialogando apenas com sua base eleitoral. “Não vejo nada de relevante no governo, além do avanço da reforma da Previdência. Estou aguardando programas para o Brasil”. Sobre a possibilidade de encaminhar um projeto para ajustar São Paulo às novas regras previdenciárias, caso municípios não entrem na reforma, o prefeito disse vai aguardar o texto final.

Tudo o que sabemos sobre:

Bruno CovasPSDBcorrupçãoAécio Neves