Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Covid-19: Itália proíbe viagens de Natal e ano novo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Como estratégia para conter a nova onda de contágio pelo novo coronavírus, o governo italiano decidiu proibir viagens no Natal e no réveillon. A restrição passa a valer em todo o país entre os dias 21 de dezembro e 6 de janeiro. Com isso, a Itália se torna o primeiro país da Europa a anunciar uma proibição de deslocamento durante as festas de fim de ano.

Mulher arruma decoração natalina em sua casa em Milão, na Itália. Foto: Daniel Dal Zennaro/EFE/EPA

Pelo decreto, publicado na quinta-feira, 3, os moradores de outros Estados poderão retornar para suas residências fixas, mas as visitas entre regiões não será permitida. As restrições não incluem deslocamentos de profissionais essenciais, pessoas em tratamento de doenças e viagens a trabalho, informou o Broadcast Político.

Ontem, a Itália registrou 993 mortes pelo novo coronavírus num período de 24h. Esse é o maior balanço diário de óbitos no país desde o início da pandemia, ultrapassando o recorde anterior, registrado em 27 de março, quando 919 morreram em decorrência da doença, segundo a universidade Johns Hopkins.

 

Tudo o que sabemos sobre:

ItáliaNatalano novoviagensCovid-19