Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Covid: Cientistas pedem fechamento de praias no Rio

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Grupo de Trabalho Multidisciplinar para o Enfrentamento da Covid-19 da UFRJ alerta em nota técnica emitida na segunda-feira, 30, para o aumento acelerado de casos de covid-19 no Brasil, em especial na cidade do Rio, informa Marcio Dolzan do Estadão. Os pesquisadores pedem que sejam tomadas uma série de medidas, que incluem novo fechamento das praias e suspensão de eventos esportivos, sociais e culturais.

Praia de Ipanema, em agosto, quando a permanência na areia estava proibida no Rio. Foto: Wilton Junior/Estadão.

Segundo os cientistas, a explosão de casos de covid-19 acontece sem que a primeira onda de contágio no País tenha terminado, o que, segundo os especialistas “torna o problema ainda mais grave e complexo”.

“O aumento dos casos já está provocando grande estresse no sistema de assistência à saúde (…) A média móvel de sete dias do percentual de ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (UTI adulto) dedicados à covid-19 (UTI/Srag – Síndrome Respiratória Aguda Grave) na Região Metropolitana I está em 93,5%. Já a média móvel de sete dias do percentual de ocupação de leitos de suporte à vida da Rede SUS no município está em 102,1%. Ou seja, não há vagas para internação”, diz o documento.

O transporte público inadequado também está contribuindo para a transmissão do vírus. “E as declarações públicas de autoridades governamentais afirmando que não retrocederão nas medidas de flexibilização ampliam a gravidade da situação. Destaca-se que tais medidas não foram acompanhadas de ações visando oferecer transporte público adequado a fim de evitar a sobrecarga, o que torna esse meio de mobilidade um provável foco de disseminação do vírus.”

Tudo o que sabemos sobre:

covidRio de JaneiroUFRJpraias