Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

CPI do BNDES já identificou operações suspeitas no valor de US$ 3,3 bi

Marcelo de Moraes

A Comissão Parlamentar de inquérito do BNDES avançou nas investigações sobre possíveis operações irregulares de financiamentos à exportação que teriam sido feitas pela instituição. Segundo os primeiros levantamentos da CPI, já foram identificados indícios de irregularidades em torno de US$ 3,3 bilhões num volume de US$ 7 bilhões analisados.

O presidente da CPI, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), disse ao BR18 que não tem dúvidas que foram cometidas irregularidades com recursos públicos. Ao todo, foram analisadas 140 operações de financiamentos à exportação para 14 países durante os governos petistas, incluindo Venezuela e Cuba, entre outros. Os recursos suspeitos envolveriam US$ 1 bilhão em projetos de rodovias, US$ 900 milhões em hidrelétricas, US $ 932 milhões em obras urbanas e US$ 416 milhões em obras portuárias. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

bndesCPI