por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Cresce confiança empresarial

Equipe BR Político

A confiança do empresariado aumentou mais após o fim da última eleição presidencial do que o observado nos quatro pleitos anteriores, segundo levantamento feito pelo Ibre-FGV, que calcula o Índice de Confiança Empresarial. O indicador cresceu 7,2 pontos de novembro a janeiro em relação a outubro de 2018.

Tomando como base os meses de outubro em que ocorreram as quatro eleições antecedentes à de Jair Bolsonaro, a maior alta no trimestre seguinte se deu em 2002, quando Lula se foi eleito pela primeira vez. Na ocasião, o índice aumentou 3,6 pontos. Depois disso, nas duas vezes em que a petista Dilma Rousseff assumiu a Presidência, houve impacto nulo: em 2010, o índice caiu 2,3 pontos e, em 2014, recuou 3,3 pontos, informou o Valor.