Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Crescimento sem inflação

Luiza Pollo

Estudo do BNDES aponta que a economia do Brasil pode crescer a um ritmo de 2,5% a 3% nos próximos anos sem gerar pressão na inflação, relata o Valor.

O economista-chefe do banco, Fabio Giambiagi, avalia que, desde que adotadas medidas para equilibrar as contas públicas e aumentar a produtividade, o cenário pode ser em certa medida positivo.

Tudo o que sabemos sobre:

InflaçãoEconomia