Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Crivella embarca hoje para Brasília em novo beija-mão a Bolsonaro

Mario Vitor Rodrigues

Exclusivo para assinantes

Para além dos ataques orquestrados pela campanha do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) para desconstruir a candidata Martha Rocha (PDT), a campanha de Marcelo Crivella (Republicanos) entende que o apoio do presidente da República deu o impulso decisivo para que o prefeito disputasse o segundo turno.

O presidente Jair Bolsonaro recebe os cumprimentos do prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella. Fotos: Marcos Corrêa/PR

Sendo assim, Crivella embarca para Brasília na noite desta quarta-feira, 18, com o intuito de surfar ainda mais na popularidade de Jair Bolsonaro (sem partido) — que embora já tenha sido maior, continua em alta entre os eleitores que o bispo licenciado pretende atingir.

A agenda é fechada, mas especula-se que o prefeito do Rio possa inclusive pedir a Bolsonaro para que participe de alguma ação pública no Rio de Janeiro. A gravação de um novo vídeo de campanha não está descartada.

A volta está marcada para amanha, 19, quando acontecerá o primeiro debate entre os dois candidatos, organizado pela Band.