Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Crivella estuda pedir anulação de julgamento que o tornou inelegível

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), informou que vai recorrer da decisão do TRE-RJ que determinou a inelegibilidade do político até 2026 e que estuda pedir a anulação do julgamento. 

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella Foto: Wilton Júnior/Estadão

“O prefeito Marcelo Crivella vai recorrer da decisão, e estuda um pedido de anulação da votação no TRE, visto que um dos desembargadores, Gustavo Alves Pinto Teixeira, votou, mas é, ao mesmo tempo, advogado da Lamsa – a concessionária contra a qual o prefeito luta na Justiça para pôr fim ao preço exorbitante do pedágio na Linha Amarela”, afirmou em comunicado.

O tribunal determinou a inelegibilidade do prefeito por unanimidade em um processo em que o prefeito é acusado de usar a máquina pública para pedir votos ao seu filho, Hodge Crivella, em 2018, quando era candidato a deputado. Crivella é acusado de usar veículos da Comlurb no transporte de servidores da empresa municipal de limpeza urbana para participar de uma reunião na quadra da Estácio de Sá, destinada a promover o filho.

Tudo o que sabemos sobre:

Marcelo CrivellaTRE-RJinelegibilidade