Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Crivella vai para prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, deixou o presídio de Benfica e retornou ao seu domicílio, em um condomínio de luxo na zona leste carioca. Crivella irá cumprir prisão domiciliar após ser detido acusado de chefiar o chamado “QG da Propina” na prefeitura do Rio.

Martins havia determinado a prisão domiciliar de Crivella na noite da última terça-feira, 23. Só que o desembargador plantonista Joaquim Domingos Neto entendeu que o cabia ao relator do caso expedir o alvará de soltura. Com a demora, o próprio Martins emitiu o alvará, diretamente do STJ. O prefeito ficará em casa com uma tornozeleira eletrônica e sem acesso a internet e equipamentos eletrônicos.

Tudo o que sabemos sobre:

Marcelo CrivellaRio de Janeiro