Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Culpa da regra de transição

Equipe BR Político

O desenho da reforma da Previdência do futuro governo Bolsonaro ainda está em indefinida e um dos principais pontos que emperra a definição é a velocidade da transição para quem já está contribuindo para a aposentadoria.

Segundo apurou o Estadão, a equipe de transição ainda analisa quais medidas são conciliáveis com a viabilidade política de aprovação. O grupo que conduz as discussões ainda não fez nenhuma apresentação técnica ao presidente eleito ou ao futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.