Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Curitiba: Greca oscila negativamente, mas mantém vantagem, aponta Ibope

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

O atual prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), segue com vantagem confortável na busca pela reeleição, ainda que tenha oscilado negativamente um ponto porcentual em relação à pesquisa Ibope divulgada em 6 de outubro e a publicada na quinta-feira, 22. O levantamento mais recente mostra o candidato à reeleição na liderança com 46% das intenções de voto no cenário estimulado. Ele é seguido por Fernando Francischini (PSL) e Goura (PDT), que têm 8% cada um.

Rafael Greca. Foto: Reprodução/Facebook

Christiane Yared (PL) marcou 5%; João Arruda (MDB) e Carol Arns (Podemos) têm 3% cada um; e Dr. João Guilherme (Novo), 2%. Como a margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos, Francischini, Goura, Christiane, Arruda, Carol e João Guilherme aparecem tecnicamente empatados na segunda posição.

Na sequência, há um pelotão de candidatos com 1% das intenções de voto cada. São eles: Professora Samara (PSTU), Marisa Lobo (Avante), Paulo Opuszka (PT),  Professor Mocellin (PV), Zé Boni (PTC) e Letícia Lanz (PSOL).

Camila Lanes (PCdoB) e Diogo Furtado (PCO) não atingiram 1% das intenções de voto. Brancos e nulos somaram 11%. Outros 8% preferiram não responder ou disseram não saber em quem votariam.

O Ibope ouviu 805 eleitores de Curitiba entre 20 e 22 de outubro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número PR-01535/2020.