Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Da Vera: A ‘obsessão’ de Lula por FHC

Vera Magalhães

Lula chamar Fernando Henrique Cardoso para sua testemunha de defesa tem um quê de obsessão que a psicanálise parece explicar melhor que o direito. Depois de uma transição civilizada, Lula e o PT se puseram a sistematicamente desconstruir o legado de FHC, martelando teclas como a “herança maldita”, assim batizada por José Dirceu, e o “nunca antes neste País” com que Lula pretendia dizer que tinha inventado a roda em todas as áreas.

Muitas vezes Lula investiu na contraposição entre os feitos de um operário de poucas letras (ele) e o “príncipe dos sociólogos”. Quando começaram as investigações do petrolão, era comum ele ou petistas dizerem que seu instituto tinha recebido contribuições parecidas com as feitas ao do rival. Foi essa a tese que levou Lula a arrolar o antecessor para depor. Pelo tom algo jocoso que adotou, FHC parece ter tido o gostinho de mostrar, 16 anos depois, quem está hoje em melhores condições. Mais um tiro pela culatra no aspecto jurídico de uma defesa que prefere, sempre, a política. / Vera Magalhães