Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Da Vera: (Carlos) Bolsonaro me bloqueou no Twitter

Vera Magalhães

Enquanto fechava minha coluna no Estadão desta quarta-feira, decidi verificar se Jair Bolsonaro fizera menção à maior vitória de seu governo em sua conta do Twitter. Ao tentar acessar o perfil do presidente, veio a mensagem: “@jairbolsonaro bloqueou você. Você está impedido de seguir @jairbolsonaro e de ver os tweets de @jairbolsonaro”.

Captura de tela feita por Vera Magalhães mostra que perfil de Jair Bolsonaro no Twitter bloqueou a jornalista

Foto: Captura de tela

Imediatamente, fiz uma postagem no próprio Twitter expondo o print e questionando o método. Afinal, um presidente da República que usa o Twitter para se comunicar como ferramenta oficial pode bloquear jornalistas sem que isso seja uma forma de reduzir a transparência e atentar contra a liberdade de imprensa?

O debate não é pessoal nem restrito ao Brasil. A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu que Donald Trump não poderia bloquear jornalistas, uma vez que se comunicava oficialmente via Twitter. Portanto, o direito a que os cidadãos fossem plenamente informados passava pelo direito pleno de acesso à conta presidencial por parte da imprensa.

Logo depois do meu post, uma resposta do vereador do Rio Carlos Bolsonaro começou a esclarecer o episódio: “Aí, meu pai te desbloqueou”, escreveu o filho 02, seguido de vários emojis de risadas. E, de fato, eu novamente tinha acesso à conta do presidente.

Captura de tela em que Carlos Bolsonaro avisa, pelo Twitter, que perfil do presidente desbloqueou Vera Magalhães

Foto: Captura de tela

Foi a segunda vez em menos de uma semana que Carlos Bolsonaro admitiu que tuíta na conta do presidente da República. Como você viu no BRP, a primeira foi ao se desculpar por um post defendendo a prisão após condenação em segunda instância no mesmo dia em que Bolsonaro pai recebeu três ministros do STF, que vão decidir a questão a partir de hoje.

De novo repostei a resposta de Carlos Bolsonaro e questionei o presidente sobre se não passou da hora de vedar o acesso do filho vereador à sua conta oficial na rede social que mais usa para se comunicar com os cidadãos que foi eleito para governar. Sendo que o filho usa a conta para expor o pai a constrangimentos, mal estar político, reações autoritárias e outras diatribes. Com a palavra, Jair Bolsonaro.