Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Da Vera: Heleno, o primeiro-ministro

Vera Magalhães

A estrutura montada para o gabinete especial de Jair Bolsonaro no hospital Albert Einstein, de onde despachará durante a convalescença após a retirada da bolsa de colostomia, é mais uma evidência da ascendência do general Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI, sobre o presidente, e de seu papel de uma espécie de primeiro-ministro, sobrevoando o trabalho de todas as áreas do governo.

Não fosse assim, não haveria por que ser o responsável pela inteligência o único a ficar em tempo integral ao lado do presidente. Cabe a ele fazer a ponte entre as áreas do governo e definir a estratégia e o discurso da gestão, inclusive no enfrentamento de crises políticas como a do caso Flávio Bolsonaro. Se Paulo Guedes e Sérgio Moro são os “postos Ipirangas” nas áreas técnicas, aqueles de cuja atuação depende o sucesso do governo, Heleno é o responsável por comandar a orquestra para que ela não desafine. / Vera Magalhães