Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Da Vera: Os dilemas do PSDB

Vera Magalhães

Os discursos de “renovação” e “compliance partidário” feitos na convenção municipal do PSDB paulistano, os tradicionais braços erguidos e os sorrisos forçados não escondem os dilemas que o partido enfrenta nos campos programático e ético. No primeiro campo, ao se apresentar como opção de centro o partido parece deslocado diante da polarização dominante na política brasileira hoje.

No campo da ética, a ideia dos aliados de João Doria Jr. nos planos local e nacional é que os acusados de envolvimento em corrupção saiam do PSDB de livre e espontânea vontade. Simplesmente não vai acontecer. Aécio Neves, José Serra, Beto Richa e Marconi Perillo já avisaram que não sairão. Acham que isso significaria uma admissão de culpa que prejudicaria sua defesa judicial. Os tucanos vão expulsar alguns de seus principais caciques? Se forem enveredar por esse caminho, não será um processo de “compliance”, e sim uma guerra suja e sangrenta, em que ninguém sairá limpinho e engomado. / Vera Magalhães

Tudo o que sabemos sobre:

PSDBdilemasRenovaçãoÉtica