Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Damous sai em defesa de Rafael Correa

Equipe BR Político

O deputado Wadih Damous aproveitou o dia dos direitos humanos para sair em defesa do ex-presidente do Equador, Rafael Correa. Damous,  disse que “a utilização do aparato judicial para fins de perseguição política, sobretudo sobre lideranças populares, é um fenômeno aperfeiçoado no Brasil e que agora se encontra em fase de exportação”, se referindo a prisão do ex-presidente Lula e ao pedido de prisão de Correa.

“O modelo Lava Jato de desconstrução de direitos, de perseguição política de hostilidade a direitos e garantias fundamentais e absoluta falta de respeito ao estado de direito agora está sendo exportada. O ex-presidente Rafael Correa está sendo perseguido sem qualquer condenação. O sistema de Justiça hoje está a serviço do fascismo”, disse.  Correa teve sua prisão determinada no Equador pela suposta participação no sequestro de um opositor político. Correa vive na Bélgica desde 2017.

Tudo o que sabemos sobre:

Wadih DamousRafael Correa