Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Datafolha: Aprovação a Maia e ao Congresso sobe entre os bolsonaristas

Equipe BR Político

Mesmo depois de ser alvo de farpas presidenciais e de protestos de rua promovidos pelo eleitorado bolsonarista, a popularidade e aprovação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), consegue ser maior dentro da base do presidente Jair Bolsonaro, de acordo com o Datafolha.

O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ)

O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ). Foto: André Dusek/Estadão

Segundo pesquisa realizada entre os dias 29 e 30 de agosto, o desempenho de Maia é avaliado como ótimo/bom por 25% dos entrevistados que dizem conhecê-lo. Esse índice vai a 35% entre aqueles que também avaliam dessa forma o governo Bolsonaro e fica mais alto do que o nível de aprovação do próprio Bolsonaro. Em ambos os casos, aquele que veem o trabalho de Maia como ruim/péssimo somam 19%.

O mesmo ocorre com a atuação de deputados e senadores que apoiam o chefe do Executivo. Para 16% a avaliação do Congresso é ótima/boa. 35% classificam como ruim/péssima. Mas quando a mesma pergunta é feita ao público que aprova o governo, para 42% o desempenho é ótimo/bom. Ruim ou péssimo somam 22%. O Datafolha ouviu 2.878 pessoas em 175 municípios de todo o País. A margem de é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

Desde o início do governo, Maia é quem tem ditado o ritmo de projetos importantes ao governo, como a reforma da Previdência. Na tramitação do projeto na Câmara, por exemplo, a liderança dele foi fundamental para a aprovação. Além disso, o parlamentar tem escolhido algumas pautas, como a ambiental, para marcar posição de atuação bastante diferente da do presidente.