Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Datafolha: Covas tem 37% e Boulos, 17% dos votos válidos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 14, mostra o atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), com vantagem de 20 pontos porcentuais para o segundo colocado. O candidato à reeleição aparece no levantamento com 37% das intenções de votos válidos contra 17% de Guilherme Boulos (PSOL).

Bruno Covas e Guilherme Boulos. Fotos: Governo de SP e Alex Silva/Estadão

O ex-governador Márcio França (PSB) soma 14% e o deputado Celso Russomanno (Republicanos) tem 13%. Pela margem de erro, que é de dois pontos porcentuais, o trio está tecnicamente na segunda posição.

Na sequência, entre os candidatos com menos de dois dígitos estão: Arthur do Val (Patriota) e Jilmar Tatto (PT) com 6% cada um; Joice Hasselmann (PSL) com 3%; Andrea Matarazzo (PSD) com 2%;  Marina Helou (Rede), Vera Lúcia (PSTU) e Orlando Silva (PCdoB) com 1% cada um. Levy Fidelix (PRTB) e Antônio Carlos (PCO) tiveram menos de 1%.

O porcentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos. Um candidato é eleito no 1º turno se obtiver 50% mais um dos votos válidos na apuração oficial.

Rejeição

O Ibope também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum.Russomanno é rejeitado por 50% dos eleitores, Joice, por 33% e Covas, por 25%. Na sequência, aparecem:

Jilmar Tatto: 25%
Guilherme Boulos: 24%
Levy Fidelix: 23%
Orlando Silva: 18%
Márcio França: 17%
Arthur do Val: 17%
Vera Lúcia: 14%
Andrea Matarazzo: 13%
Marina Helou: 12%
Antônio Carlos: 11%
Rejeita todos/não votaria em nenhum: 3%
Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
Não sabe: 4%

O Datafolha ouviu 2.987 eleitores de São Paulo entre os dias 13 e 14 de novembro de 2020. O levantamento tem nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação SP-01587/2020.