Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Davi enterra CPMF: ‘Brasileiros já pagam muitos impostos, não aguentam mais’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Logo depois da queda do secretário da Receita, Marcos Cintra, por conta de sua mobilização a favor da recriação da CPMF, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), jogou mais uma pá de cal para soterrar de vez o movimento dentro do governo para ressuscitar o imposto. “Da minha parte, reafirmo que sou contrário à criação de mais um imposto na vida das pessoas. Quando fui deputado federal votei contra a permanência da CPMF, em 2007. Nós conseguimos tirar essa contribuição da vida dos brasileiros. Quando ela existia eu lutei pra acabar com ela”, disse na sua conta do Twitter.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

E foi mais longe: “Na minha biografia política, eu sempre trabalhei contra a criação de impostos na vida das pessoas. Os brasileiros já pagam muitos impostos e encargos, e eles não aguentam mais”. Como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acha a mesma coisa, tudo indica que a CPMF já era de vez. Você leu sobre essa possibilidade ontem na nossa newsletter.