Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Decano retira do plenário virtual decisão sobre depoimento de Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello retirou do plenário virtual da Corte o julgamento sobre a possibilidade do presidente Jair Bolsonaro prestar um depoimento por escrito no inquérito que apura suposta interferência política  na Polícia Federal. O caso havia sido remetido para o colegiado virtual na semana passada pelo ministro Marco Aurélio Mello, que substituiu o decano durante licença médica.

Após retornar à Corte, o decano revogou a decisão do colega apontando, “com máxima e respeitosa vênia”, que Marco Aurélio não poderia ter pautado o julgamento por não ser uma “situação configuradora de urgência”.