Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Decisão de Lebbos desobedece Supremo’

Equipe BR Político

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, contestou a posição da juíza Cláudia Lebbos, responsável pela execução penal em Curitiba, de não se posicionar frente a liminar do ministro Marco Aurélio Mello, de suspender prisões de condenados em segunda instância, até que o Ministério Público se pronuncie.

“Decisão da juíza Lebbos desobedece Supremo, q já divulgou publicamente sentença. MP não tem de opinar sobre decisão, pode recorrer dela. Isso é afronta à Suprema Corte, enseja pena de prisão. É uma clara tentativa de postergar a soltura”, escreveu a deputada federal eleita.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Gleisi HoffmannMarco Aurélio MelloPT