Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Decisão eclipsa sumiço de Queiroz

Vera Magalhães

A reação na sociedade, na imprensa e nos meios político e jurídico à liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello mandando soltar os presos após condenação em segunda instância tirou os holofotes do fato de Fabrício Queiroz não ter comparecido ao depoimento marcado pelo Ministério Público do Rio.

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro, que está sumido e calado desde que veio a público relatório do Coaf mostrando que ele movimentou R$ 1,2 milhão em um ano, não apareceu na audiência. Segue a pergunta: onde está Queiroz? E por que esse silêncio de mais de dez dias sobre a movimentação atípica em sua conta? / V.M.