Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Decotelli era um dos ‘elos’ entre academia e militares na campanha de Bolsonaro

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, é mais uma vitória dos militares dentro do primeiro escalão do governo de Jair Bolsonaro. Oficial da Reserva da Marinha, ele era considerado durante a campanha presidencial de 2018 um dos “elos” entre a academia e as Forças Armadas na elaboração do plano de governo do então candidato Bolsonaro.

Isso foi confirmado, por exemplo, pelo cientista político Antônio Flávio Testa, que esteve ao lado do atual presidente em 2018. “Não sou o único (elo com os militares). Tem também o cientista político Marcus Vinicius Rodrigues, e o doutor em finanças Carlos Alberto Decotelli, ambos da FGV, o cientista político Paulo Kramer, e tem outros profissionais que vêm fazer apresentações”, disse em entrevista ao El País em outubro de 2018.

Decotelli também tem uma carreira muito ligada ao agronegócio. Seu pós-doutorado na Bergische Universitãt Wuppertal (Alemanha) teve como tema design de máquinas agrícolas e sustentabilidade.