Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Decreto agora valerá para nomeações já feitas

Equipe BR Político

O governo cedeu na terça-feira, 19, e decidiu alterar o decreto que estabelece condições mínimas para a contratação de cargos comissionados. A proposta anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro foi criticada por ignorar as nomeações já feitas pelo Palácio do Planalto. Com a mudança, o governo definiu que novos critérios para contratações vão valer até para quem já foi nomeado, segundo o Estadão. As novas regras devem ser publicadas hoje em edição extra do Diário Oficial da União.

A avaliação no Congresso era de que a medida era uma tentativa de perseguição à classe política. “Foi muito aplaudido o decreto, mas tem que valer para todos. Os líderes querem entender por que os que foram nomeados até ontem não precisavam cumprir o rito da Lei da Ficha Limpa e os que serão nomeados daqui para frente precisarão. Acho que todos precisam passar pelo mesmo filtro”, disse o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Tudo o que sabemos sobre:

governoJair Bolsonaro