Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Decreto de armas pode cair no plenário?

Equipe BR Político

Deputados evangélicos não gostaram do decreto que aumentou o número de categorias que pode usufruir do porte de armas de fogo. Por enquanto, não haverá uma manifestação. O próprio presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) teria dito para parlamentares do DEM que partes do decreto são inconstitucionais e deve derrubar o texto na Justiça. Em todo caso se chegar no Plenário, avaliam os deputados, não passa. / G.Z.