Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Defesa de Flávio diz estar ‘surpresa’ com operação

Equipe BR Político

A defesa do senador Flávio Bolsonaro (sem partido) divulgou uma nota sobre as operações de busca e apreensão conduzidas nesta quarta-feira, 18, no Rio, em endereços ligados ao filho do presidente da República, entre eles, uma loja de chocolate do qual Flávio é sócio. Além do parlamentar, ex-assessores, entre eles Fabrício Queiroz e parentes da ex-mulher do presidente, Ana Cristina Siqueira Valle, foram alvo da operação. A operação se dá no contexto da investigação sobre suposto esquema de lavagem de dinheiro e peculato no gabinete do atual senador na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) quando ele era deputado estadual.

“Recebemos a informação sobre as novas diligências com surpresa, mas com total tranquilidade. Até o momento, a defesa não teve acesso a medida cautelar que autorizou as investigações e, apenas após ter acesso a esses documentos, será possível se manifestar. Confirmo que a empresa do meu cliente foi invadida, mas garanto que não irão encontrar nada que o comprometa. O que sabemos até o momento, pela imprensa, é que a operação pode ter extrapolado os limites da cautelar, alcançando pessoas e objetos que não estão ligados ao caso”, escreve o advogado do senador, Frederik Wassef.