Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Defesa de Lula diz que não foi avisada de julgamento no STJ

Equipe BR Político

A defesa do ex-presidente Lula afirma não ter sido avisada previamente sobre o julgamento que acontece nesta terça-feira, 23, no STJ. Os advogados de Lula apresentaram tribunal, na noite de segunda-feira, 22, uma petição solicitando que seja intimada sobre a realização do julgamento do recurso do ex-presidente no caso do “triplex do Guarujá”, que tenta rever sua condenação de 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

No documento, os advogados de Lula afirmam que não forma avisados sobre o julgamento e que obtiveram, no gabinete do relator do caso, o ministro Felix Fischer, a informação de que não havia previsão de julgamento do Agravo Regimental na próxima sessão. A defesa argumenta que os eventos estão “em desconformidade com a garantia constitucional da ampla defesa e das demais garantias fundamentais previstas no Texto Constitucional e nos Tratados Internacionais que o País subscreveu e se obrigou a cumprir”, informou o Estadão.