Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Defesa de Lula diz ter sido monitorada por Lava Jato

Equipe BR Político

Segundo a defesa do ex-presidente Lula, a Operação Lava Jato monitorou ligações do escritório de advocacia representante do petista e produziu relatórios que detalharam ao menos 14 horas de conversas entre os defensores do ex-presidente. Diálogos entre advogados e também de defensores com seus clientes são sigilosos e protegidos por lei. Essa é a base da principal aposta de Lula para tentar anular no STF a condenação do ex-presidente no caso do tríplex de Guarujá (SP).

O ex-advogado de defesa Pedro Henrique Viana Martinez afirma ter visto na 13ª Vara Federal de Curitiba os relatórios produzidos a partir das interceptações telefônicas do escritório Teixeira Martins & Advogados, responsável pela defesa técnica de Lula. Era na 13ª Vara que atuava o então juiz e hoje ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, já rejeitou no mês passado um recurso da defesa de Lula que questionava a imparcialidade de Moro como juiz nos processos contra o petista.