Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Defesa de Queiroz ignorava movimentação de R$ 7 mi

Vera Magalhães

O advogado Paulo Klein, que defende Fabrício Queiroz, disse não ter tido acesso a dados do Coaf que mostram a movimentação de mais $ 5,8 milhões nas contas do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, nos três anos anteriores ao período de 2016 e 2017 mostrado no primeiro relatório do Coaf. Ao jornal O Globo o advogado disse ter solicitado esses dados ao Ministério Público do Rio, que teria informado que não havia outros relatórios do Coaf. A movimentação de R$ 7 milhões em três anos foi revelada pelo colunista Lauro Jardim, do Globo, no domingo, a partir de dados adicionais do próprio Coaf.

Tudo o que sabemos sobre:

Fabrício Queirozcoafdefesa