Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Defesa do regime militar não significa apoio à intervenção’

José Fucs

O deputado Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência pelo PSL, disse ontem durante a 26ª Marcha para Jesus, realizada na quinta-feira, 31, em São Paulo, que a sua defesa do regime militar de 1964 não significa que ele apoie uma intervenção militar no País.

“Eu nunca defendi intervenção militar nenhuma, nunca disse isso. Acredito na volta dos militares ao poder pelo voto, pela democracia, nas eleições”, afirmou, segundo o Estadão. “Não é por que eu defendo o regime militar que eu gostaria de uma intervenção agora. As pessoas confundem as coisas.” / J.F.

Tudo o que sabemos sobre:

BolsonaroRegime MilitarMarcha para Jesus