Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Defesa pede suspensão de transferência de Lula

Equipe BR Político

A defesa do ex-presidente Lula pediu a suspensão da transferência do petista autorizada nesta quarta-feira, 7, pela juíza Carolina Lebbos, da 12ª. Vara Federal de Curitiba. A solicitação é para que a análise seja suspensa até que o julgamento final de um pedido de habeas corpus para Lula trâmite no Supremo. “Conforme definido no último dia 25/06, a 2ª. Turma do Supremo Tribunal Federal deverá retomar em breve o julgamento do mérito do habeas corpus que apresentamos com o objetivo de reconhecer a suspeição do ex-juiz Sergio Moro e a consequente nulidade de todo o processo e o restabelecimento da liberdade plena de Lula”, diz a defesa em nota.

O pedido de suspensão também está baseado na ausência de informações na decisão de Lebbos sobre “estabelecimentos compatíveis com Sala de Estado Maior” para abrigar o ex-presidente em São Paulo. “No entanto, a decisão proferida hoje (07/08) pela 12.a Vara Federal de Curitiba negou os pedidos formulados pela Defesa e, contrariando precedentes já observados em relação a outro ex-presidente da República (ex.: TRF2, Agravo Interno no Habeas Corpus nº 0001249-27.2019.04.02.0000) negou ao ex-presidente Lula o direito a Sala de Estado Maior e determinou sua transferência para estabelecimento a ser definido em São Paulo.”