Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Dejà vu’: contrato ligaria Temer a acerto de propina

Mario Vitor Rodrigues

Um contrato de US$ 825 milhões negociado em 2010 pode se transformar na nova dor de cabeça do presidente Michel Temer.

É que este, segundo relata o Blog do Fausto, criou a oportunidade para um reunião entre executivos da empresa e emedebistas onde teria sido negociada uma propina de US$ 40 milhões ao partido. E Temer estaria entre o grupo de parlamentares.