por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Delação de Duque a caminho

Luiza Pollo

Depois de o STF retirar trechos da delação da Odebrecht sobre Lula das mãos do juiz Sérgio Moro, o ex-diretor de serviços da Petrobrás Renato Duque deve ser o próximo delator nos casos da Lava Jato.

Reportagem do jornal O Globo revela que ele já se tornou colaborador da força tarefa em um acordo internacional e está em negociação avançada para delatar em casos referentes à operação. Duque é considerado o principal operador do PT no esquema de propinas da Petrobrás.

Tudo o que sabemos sobre:

Renato DuquePTPetrobrasLava Jato