Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Delegados da PF citam ‘crise de confiança’ com o governo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Na esteira da crise que levou à demissão do ex-ministro Sérgio Moro e do ex-chefe da Polícia Federal Maurício Valeixo, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) publicou nota, no domingo, 26, endereçada ao presidente Jair Bolsonaro, em que afirma haver uma “crise de confiança” entre a instituição e o governo.

Delegados Federais pediram que Bolsonaro assumisse um compromisso de encaminhar projetos que prevejam autonomia financeira para a PF e mandato para o Diretor-Gera

Delegados pediram de Bolsonaro compromisso pela autonomia financeira e mandato para o Diretor-Geral da PF Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A intenção dos delegados com a carta é resguardar a PF de novas tensões como a da última semana. “Da maneira como ocorreu, há uma crise de confiança instalada, tanto por parte de parcela considerável da sociedade, quanto por parte dos delegados de Polícia Federal, que prezam pela imagem da instituição. Nenhum delegado quer ver a PF questionada pela opinião pública a cada ação ou inação. Também não quer trabalhar sob clima de desconfianças internas”, diz a nota da ADPF.

Na avaliação dos delegados, a atual crise entre as instituições poderia ter sido evitada: “Provavelmente, se as premissas e esclarecimentos acima tivessem sido compreendidos e corrigidos os possíveis entraves de comunicação entre V.Exa e a Polícia Federal, os fatos que presenciamos nesta semana não teriam ocorrido e não estaríamos vivenciando as circunstâncias atuais”.

Entre as solicitações, os Delegados Federais pediram que Bolsonaro assumisse um compromisso de encaminhar ao Congresso Nacional, projetos que possam prever autonomia financeira para a Polícia federal e mandato para o Diretor-Geral.

A carta afirma que, se forem acatadas, “tais medidas serão um legado de seu governo para o Brasil e dissiparão qualquer dúvida sobre as intenções de V.Exa. em relação à Polícia Federal”.