Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deltan abre o verbo (3)

Marcelo de Moraes

Para o procurador da República e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, as decisões  tomadas pela Segunda Turma do Supremo colocam em perigo o combate à impunidade no Brasil.

“Decisões dos Ministros Gilmar, Toffoli e Lewandowski sobre preventivas e execução provisória tiram o Brasil dos trilhos que poderiam conduzir ao rompimento da impunidade dos poderosos. São imenso retrocesso em termos de império da lei (rule of law). É esse Brasil que queremos?”, reclamou. /M.M.