Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deltan: ‘As grandes operações precisam continuar’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

No momento em que ações de investigação feitas pela Lava Jato recebem críticas, como as do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, procuradores da Força Tarefa apontam a importância dessas operações. O coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, citou a investigação feita em Uberlândia, na Operação Má Impressão, para reforçar seu argumento de que “as grandes operações precisam continuar”. Em Uberlândia, 20 dos 27 vereadores foram presos.

“Quantos casos não descobertos ainda existem? Lava Jato e outras operações diagnosticam um câncer com metástase: a corrupção política sistêmica. As grandes operações são necessárias e precisam continuar, mas é precioso que o Congresso dê um tratamento também sistêmico ao problema”, afirmou Deltan.