por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deltan: ‘Começou a fechar a janela de combate à corrupção política’

Marcelo de Moraes

Coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol não escondeu sua decepção com a decisão tomada pelo Supremo, permitindo à Justiça Eleitoral julgar casos de corrupção envolvendo caixa 2. Os integrantes da Lava Jato vinham criticando essa possibilidade por acharem que ela enfraqueceria suas ações, avaliando que a Justiça Eleitoral não tem instrumentos para analisar esses casos. Ontem, o Supremo aprovou a decisão por 6 a 5, com o voto de desempate sendo dado pelo presidente da Corte, Dias Toffoli.

“Hoje, começou a se fechar a janela de combate à corrupção política que se abriu há 5 anos, no início da Lava Jato”, afirmou Deltan. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Deltan DallagnolLava Jato