Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deltan comemora prorrogação da Lava Jato

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O procurador da República Deltan Dallagnol comemorou nesta quinta-feira, 10, a decisão da Procuradoria-Geral da República de prorrogar até 31 de janeiro a atuação da força-tarefa da Lava Jato. Na última semana, ele pediu o desligamento da coordenação da operação no Paraná.

Deltan Dallagnol Foto: Felipe Rau/Estadão

“A prorrogação da força tarefa da Lava Jato é uma resposta ao anseio da sociedade. Mais de 400 investigações ainda estão em andamento e não poderiam ser simplesmente abandonadas”, escreveu no Twitter.

Se não fosse a prorrogação assinada pelo subprocurador-geral da República Humberto Jacques de Medeiros, hoje seria o prazo final de funcionamento da força-tarefa. Em mensagem na sequência, Deltan destacou a ação deflagrada nesta manhã pela Lava Jato.

“Hoje, foi deflagrada a 74ª fase da Lava Jato que investiga corrupção em uma nova área da Petrobras, a Diretoria Financeira, em operações com o Banco Paulista. O dano dos crimes é estimado em cerca de R$ 100 milhões. A Petrobras contribuiu para as investigações”, completou.

Tudo o que sabemos sobre:

Lava JatoprorrogaçãoDeltan Dallagnol