Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deltan ‘nas mãos’ de Aras

Equipe BR Político

Crítico do que chama de “excessos” da Lava Jato, mas defensor de que a operação seja expandida para os Estados, o procurador-geral da República, Augusto Aras, terá já em outubro, no dia 8, seu primeiro teste em relação à operação. Na data, o recém-empossado PGR participará do julgamento do procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

É o primeiro caso em que Deltan corre o risco de sofrer uma derrota, lembra a Folha. O placar está favorável a que o procurador responda a processo disciplinar, 7 a 2, de um total de 14 votos. O voto de Aras, portanto, deve tirar o chefe do MPF de cima do muro.

A reclamação contra Deltan foi feita pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL) – um apoiador do nome de Aras ao cargo – que acusa o procurador de ter feito campanha contra ele na internet no período da eleição para a presidência do Senado.

Tudo o que sabemos sobre:

Augusto ArasDeltan DallagnolLava Jato