Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Democracia: fragilidade e resiliência

Equipe BR Político

Em artigo no G1, o cientista político Sérgio Abranches escreve sobre duas características inerentes à democracia: fragilidade e resiliência. Segundo ele, o regime que vimemos no Brasil, reconstrói-se, reequilibra-se, em alguns casos, pode até entrar em recesso, mas restaura-se, após os traumas e surtos autoritários.

Abranches também comenta sobre o que aquilo que não é compatível com a democracia. “Regimes de liberdade não comportam solidez. A mentalidade democrática é uma propriedade exclusiva das mentes abertas. A mente fechada é que abriga mentalidades autoritárias. Regimes abertos, compatíveis com a democracia, não discriminam nem seus inimigos”, reflete.