Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Democratas confirmam Biden como candidato à Casa Branca

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-vice-presidente Joe Biden foi oficializado na noite de terça, 18, como candidato do Partido Democrata às eleições presidenciais de 3 de novembro dos Estados Unidos. A história pessoal do ex-vice de Barack Obama foi o tema central da solenidade.

Joe Biden foi oficializado como candidato do Partido Democrata Foto: Matt Rourke/AP

Ele perdeu a primeira esposa e uma filha ainda bebê quando a família sofreu um acidente de carro. Dois filhos, Beau e Hunter, ainda crianças, sobreviveram. Biden casou-se com Jill, com quem teve uma filha. Em 2015, a família chorou a morte de Beau, vítima de um tumor no cérebro. A trajetória de perdas que marca a vida do democrata é apresentada como um fator que aproxima Biden da dor dos americanos que vivem atualmente o luto. O país contabiliza mais de 170 mil mortos por covid-19, o maior número do mundo, lembra o Estadão.

O cientista político Hussein Kalout, da Universidade de Harvard, fez análise da posição do Brasil diante da disputa, em artigo no jornal. “Daqui em diante, será fundamental esboçar um traço de sobriedade quanto à manifesta predileção do governo brasileiro pela reeleição do atual presidente americano. A proteção do interesse nacional requer não cair no amadorismo infantil de se imiscuir, novamente, na eleição presidencial alheia. Agora, se Trump repetir o feito de quatro anos atrás, aí Brasília terá a oportunidade de renovar a seu servilismo sem peias diante do interesse nacional… norte-americano!”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Joe BidenEUAeleições