Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deputado articula CPI sobre interferência de Bolsonaro na PF

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Pouco depois do discurso de demissão de Sérgio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o deputado Aliel Machado (PSB-PR) apresentou requerimento, nesta quarta-feira, 24, para que seja instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre as declarações do ex-ministro sobre tentativa de o presidente Jair Bolsonaro interferir politicamente na autonomia da Polícia Federal.

“Embaraçar investigação criminal e, além disso, toda a instituição investigativa, como é o Polícia Federal, pode constituir crime”, afirma Aliel no requerimento. “A CPI deverá investigar os motivos que levaram o residente da República usar da prerrogativa de seu cargo para finalidade pessoal, que é a proteção a investigações criminais”, diz texto.

Apoio

Após apresentar o requerimento, o deputado recebeu apoio do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), ex-aliado de Bolsonaro. “Eu estou me colocando à sua disposição para essa CPI. Conta comigo, eu estou solicitando ao PSDB para que me coloque. Eu acho que posso ajudar muito”, declarou.

Tudo o que sabemos sobre:

CPIJair BolsonaroPF