Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deputado do RN entrega copo de óleo para Salles

Equipe BR Político

O deputado federal Rafael Motta (PSB-RN) entregou nesta quarta, 6, um copo com 10g de óleo coletado em praias do Rio Grande do Norte ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.  O “presente” foi dado durante uma audiência na Câmara dos Deputados. O ministro foi convidado para prestar esclarecimentos sobre as causas do vazamento nas praias do Nordeste e prestar contas do trabalho do governo para resolver o problema.

“Em 26 de abril de 2019, um analista da pasta do seu ministério elaborou um documento dizendo da preocupação em relação a extensão do PNC dos comitês e o ministério disse que esses comitês eram supérfluos. O nosso questionamento é saber o que é supérfluo para o ministério: se é o conhecimento técnico, científico, ou se é o Nordeste brasileiro”, perguntou Motta. Ao entregar o material coletado, ele disse que era “um sinal de reconhecimento do  trabalho que o ministério tem feito em relação ao RN e ao Nordeste brasileiro”.

Durante a audiência, Salles rebateu as críticas sobre a extinção dos comitês do plano de ação de incidentes com óleo. “Ah, mas o conselho foi extinto por um decreto do presidente… desde quando conselho dá resposta imediata a alguma coisa? Quem dá resposta foi quem deu a resposta: Ibama, ANP e Marinha. Os comitês não tinham sido sequer constituídos”, disse o ministro. 

Ele afirmou ainda que “grande parte dos problemas enfrentados sobre materiais ou dificuldades orçamentárias decorrem de uma coisa: nós recebemos um Estado quebrado”. Segundo ele, isso é resultado de uma “corrente doutrinária que pela sua ineficiência, corrupção, não nos legaram um Estado pronto para responder. Estamos colhendo várias das mazelas decorrentes destes problemas que aconteceram por, no mínimo, 16 anos no Brasil.” 

TV Câmara

Tudo o que sabemos sobre:

óleoRicardo Salles