Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deputado mobiliza partidos para oficializar ‘rachadinha’

Equipe BR Político

O deputado Luis Tibé (Avante-MG), líder de bancada e presidente nacional do partido, tenta convencer líderes partidários da Câmara a levar à votação seu projeto que institui uma espécie de “rachadinha” de 3% do salário de todos os políticos do País e seus assessores para financiar campanha eleitoral, informa a Folha. Segundo cálculos do parlamentares, a expectativa é de recolher cerca de R$ 4 bilhões a cada eleição com a mordida nos proventos do presidente, governadores, senadores, deputados, prefeitos, vereadores e funcionários públicos de livre nomeação. “Eles (líderes partidários) até gostaram muito da ideia, até porque atenderia ao pleito de não tirar nada de outros investimentos públicos. Os envolvidos no pleito bancariam isso. E seria um valor pequeno, irrisório”, disse Tibé à publicação.