Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Deputado propõe cobrança de empréstimo compulsório para bilionários

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Projeto apresentado pelo deputado Elias Vaz (PSB-GO) determina o empréstimo compulsório sobre grandes fortunas para arrecadar recursos para o combate ao coronavírus e auxiliar na recuperação da atividade econômica. A proposta do deputado prevê a cobrança de um alíquota de 3% sobre o patrimônio de quem tiver mais de R$ 1 bilhão. A devolução será feita num prazo de até vinte anos.

O deputado Elias Vaz

O deputado Elias Vaz Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

O deputado calcula que se a proposta for aceita, será possível arrecadar cerca de R$ 36 bilhões. “O nosso país é marcado por uma extrema desigualdade social. Segundo ranking da revista Forbes Brasil, 206 brasileiros têm patrimônio de mais de R$ 1 bilhão. Somos 210 milhões de habitantes, a maioria com renda de até dois salários mínimos. E um grupo de 206 pessoas detém R$ 1,2 trilhão. Muito tem se falado do esforço que a sociedade precisa fazer na luta contra a crise, mas, até o momento, só foram propostos cortes nos salários dos trabalhadores, na faixa de 30% e 40%. Um corte de apenas 3% na fortuna desses bilionários não os tornará pobres, muito menos os colocará em crise financeira nem reduzirá seu padrão de vida”, argumenta Elias.